Carros elétricos são silenciosos e mudarão preços de imóveis

Carro elétrico com zero emissão de carbono

Carro elétrico com zero emissão de carbono

Morar perto de uma grande avenida pode ser perturbador. A sujeira, o barulho e a poluição desvalorizam até mesmo as regiões mais valorizadas de uma grande metrópole. Mas e quando todos (ou pelo menos a maioria) dos carros forem elétricos?

Pode demorar 20, 30, até 40 anos, mas a tendência é que o consumo de combustíveis que emitem poluição seja diminuído até que seja item de colecionador.

Carros elétricos são silenciosos, fazendo praticamente nenhum barulho já que não queimam combustível. Pelo mesmo motivo, carros elétricos não jogam fumaça no ar, não poluem e não fazem sujeira.

Em São Paulo, vemos regiões bastante afetadas por problemas causados por veículos. Um bom exemplo é o “Minhocão”. O percurso dos carros obriga os moradores a viver de janela fechada, em busca de um pouco mais de silêncio.

Avenida em São Paulo suja por poluição de carros

Carros elétricos devem valorizar regiões afetadas pelo barulho e poluição de veículos.

Um grande passo para caminharmos nessa direção é que ônibus, grandes responsáveis pela poluição sonora em grandes cidades, já estão sendo testados com motores 100% elétricos. Em Campinas, SP, um ônibus movido 100% a bateria, com capacidade para transportar 90 passageiros, já está sendo utilizado pela população desde 2015.

Ônibus elétrico em Campinas

Grande responsável pela poluição em grande cidades, ônibus já começam a ganhar versões elétricas

Ainda é cedo para cogitar morar ao lado de uma grande rodovia, mas quem sabe, daqui algumas décadas, regiões que hoje são completamente desvalorizadas podem se tornar bem atrativas por conta de veículos elétricos.